Vereadores reajustam salário do prefeito eleito de São José do Belmonte em 35%

O presidente da Câmara Municipal de São José do Belmonte, no Sertão Central, José de Andrade Lucas, o ‘Zé Lucas’, ingressou com o Projeto de Lei 1.188/2016 reajustando em 35,13% o salário do prefeito eleito, Romonilson Mariano (PHS), que não vai receber os mesmos R$ 18.500 que o atual Marcelo Pereira e sim R$ 25 mil, a partir de janeiro, quando toma posse.

A farra com o dinheiro público vai beneficiar também o vice Prefeito eleito, Antonio de Alberto, que receberá R$ 12.500. Não e de estranhar pois os dois é do mesmo grupo político de Zé Lucas, que teve a ideia mas não aprovou sozinho. O projeto contou com apoio da mesa diretora e foi aprovado por unanimidade.

Mas não pára por aí, segundo o Farol de Notícias, os futuros secretários do governo Romonilson Mariano também ganharam um ‘presentinho’ da Câmara Municipal de São José do Belmonte e terão salários de R$ 6 mil, um reajuste que fere a própria Lei Orgânica Municipal (LOM) que prevê que os reajustes dos secretários não devem ultrapassar 20% dos subsídios do prefeito e vice-prefeito.

Mas o ‘festival de bondades’ também se estendeu aos parlamentares. À partir de janeiro, o vereador receberá subsídio de R$ 7.500. Hoje, cada parlamentar recebe R$ 6 mil. Confira documento que assegura um salário milionário para o prefeito eleito Romonilson Mariano.