Vereador faz denúncia contra agentes de trânsito e radialista em Serra Talhada e acaba sendo acusado de venda irregular de gás

O líder do bloco de oposição na Câmara de Serra Talhada, vereador Antônio de Antenor (PR) acusou Agentes de Trânsitos, ligados à Prefeitura de Serra Talhada, e o radialista Anderson Tennes, que também é diretor da Rádio Cultura, de estar a serviço do governo Duque.Foi aí que o radialista desafiou o parlamentar apresentar provas das denúncias contra os agentes e a sua pessoa e ainda revelou que o vereador vende gás de forma irregular “em seu mercadinho”.

“Como é que eu faço uma crítica ao governo municipal sem eu ter provas daquilo que estou falando? […]. Eu quero que você traga qualquer tipo de prova de benefício meu…da prefeitura para mim! Um contracheque, se você viu alguém me pagando, ou um cheque da prefeitura depositado em conta minha […], “Você é um legislador, que acompanhou todo o debate da discussão em relação à questão do preço do gás de cozinha e não conseguiu sequer fazer uma defesa da população, em relação a isso! Você, inclusive, vende no seu mercadinho, na sua casa, você vende botijões de gás. Eu quero aqui saber, se você tem autorização para vender botijões de gás, no seu mercadinho. Você, como parlamentar tem que dá exemplo, tem que andar certo! Você tem autorização?”, questionou Anderson Tennes na transcrição do áudio feira por Junior Campos.

O programa frequência democrática da Rádio Vila Bela repercutiu a polêmica ouvindo o vereador que disparou contra o radialista dizendo que ele só intende de Microfone. Escute o áudio abaixo:

E o assunto repercute nas redes sociais, onde os internautas questionam: “Quando as fotos do gás na casa de Antônio de Antenor aparecer no grupo”;  “Antônio de Antenor não tem autorização para comercializar gás”; “Vamos aguardar o que o nobre vereador irá falar sobre essas acusações”.
Os internautas também comentam a denúncia feira pelo parlamentar: “Porquê o nobre vereador António de Antenor não tomou essa mesmo posicionamento com os agentes do Detran que multaram por brincadeira aqui em serra no mês de Setembro”? “O interessante e que António de Antenor não deu nota de repudio aos agentes do Detran em Setembro”; “Dizer que não pode haver arbitrariedades pelos Guardas municipais”. 
Pelo jeito a polêmica vai render!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *