Vereador diz que empresa deveria se responsabilizar por veículos na Zona Azul em ST, denuncia lixo no Ipsep e corte no Bolsa Família

O vereador oposicionista, Gilson Pereira, criticou primeiro o fato dos proprietários de veículos pagarem uma taxa no estacionamento rotativo da Zona Azul e a empresa responsável não se responsabilizar  por possíveis danos ou extravios de carros e motos.

Na sequência, usou a tribuna da Câmara de Vereadores para criticar que enquanto as autoridades municipais se preocupam com a proliferação do mosquito da Dengue permitem que o lixo fique acumulado nas ruas no Ipsep, mesmo após a chuva de cerca de 10 minutos. O parlamentar insinuou que a Prefeitura estaria atrasando o pagamento da empresa responsável pela coleta há alguns meses, mas fomos informados que  um dos caminhões quebrou e o lixo deixou de ser recolhido desde quinta-feira passada.

IMG-20151215-WA0014

No final, lembrou que o Governo Federal cortou cerca de R$ 10 milhões do programa Bolsa Família, mas classificou alguns beneficiários de “vagabundos” e aproveitou para criticar duramente a presidente Dilma Rousself (PT).