Vereador denuncia que secretário de finanças de Afogados da Ingazeira usufrui do cargo público para se beneficiar

A sessão ordinária desta segunda-feira (17), às 20h, na Câmara de Vereadores de Afogados da Ingazeira deve repercutir da última sexta-feira (14), quando Zé Negão (PSD) voltou a criticar a forma como é arrecadado o dinheiro das pessoas que ocupam espaços públicos durante as festividades que são realizadas no município.

Segundo ele, o o secretário de Finanças do município, Ney Quidute, apresentou um Documento de Arrecadação Municipal (DAM) pago pelo mesmo por ocupar espaço com o seu trailer durante as festividades, mas há uma diferença com o bloco do Povão, de propriedade do parlamentar. Zé garantiu o dele é sem fins lucrativos, ao contrário do espaço ocupado pelo trailer do secretário Ney Quidute, que explora comercialmente.

Já o vereador Vicente Zuza (Vicentinho) voltou a cobrar informações da Prefeitura sobre o gasto com publicidades, ao contrário da última vez que fez verbalmente, agora o vereador apresentou o requerimento por escrito e foi aprovado por unanimidade pelos 13 vereadores presentes.

A vereadora Antonieta Guimarães apresentou requerimento solicitando do Executivo a recuperação do muro do Centro Desportivo que está caído há vários meses nas proximidades da Escola de Referência Monsenhor Antônio de Pádua.

Já o vereador Igor Sá (PSDB) apresentou Projeto de Lei nº 016/2015 que denomina o Centro Especializado em Reabilitação física, auditiva e visual de Governador Eduardo Campos.

O centro está sendo construído na Rua Padre Luís de Góes, ao lado da sede do Tiro de Guerra em Afogados da Ingazeira e custará mais de três milhões e meio de reais. As obras estão sendo executadas com recursos do município e união.

Justificando o projeto, o vereador enalteceu a ajuda do ex-Governador Eduardo Campos no desenvolvimento do município, com inúmeras as obras que chegaram até nosso povo através do seu governo, como:

– Construção da UPAE Dom Francisco;  do Centro de Produção de Móveis Severino Carneiro, do Residencial Laura Ramos, entregando 207 moradias, em parceria com o Governo Federal e Municipal.

– Inauguração de uma farmácia do LAFEPE,  Reforma e Cobertura da quadra da Escola de Referência Monsenhor Antônio de Pádua Santos e das arquibancadas do Estádio Valdemar Viana de Araújo (Vianão).

– Entrega de uma Unidade do Corpo de Bombeiros e Possibilitou o calçamento das Ruas através dos recursos do Fundo Estadual de Apoio aos Municípios.

Construção da Praça Maria Genésio da Silva, bairro Pe. Pedro Pereira, da Academia das Cidades no bairro São Francisco e do Centro de Comercialização de Animais José Bartolomeu Genésio, com  Repasse total de R$ 2,3 milhões em recursos através do FEM 2013/2014.

Além  do Investimento de R$ 1,5 milhões na construção do Abatedouro Público Municipal e Construção da Área Integrada de Segurança (AIS), que reúne no mesmo local o 23º Batalhão da Polícia Militar, a 20ª Delegacia Seccional e a 13ª Delegacia da Mulher, por um custo total de R$ 3 milhões e 200 mil.

E Saneamento do Município através da COMPESA em parceria com a CODEVASF e o Governo Federal assim como Benefício para vários agricultores através do Programa Chapéu de Palha.

Na justificativa, o vereador Igor Sá (PSDB) anexou um histórico de Eduardo Campos e várias reportagens de blogs, sites e jornais de grande circulação com registros das passagens dele por Afogados da Ingazeira.