Vereador de ST desmente site e afirma que continua firme com a situação mas acaba punido por propaganda irregular na internet

O site Farol de Noticias publicou uma notícia dando como certa a desistência do vereador Nailson Gomes (PTC) de lutar pela reeleição, insatisfeito com o comportamento do prefeito prefeito Luciano Duque (PT) diante as candidaturas proporcionais. Nailson tratou de desfazer o boato enviando a nota abaixo:

“Gostaria de informar aos meus amigos e minhas amigas, que as matérias que estão sendo veiculadas em algumas “Mídias” locais, são totalmente equivocadas e jamais existiram.
Continuo firme e forte com minha candidatura e com meu prefeito Luciano Duque e não tenho pretensão nenhuma de mudar esta minha posição.
E ainda aproveito o momento para salientar as mídias locais, que antes de divulgar qualquer informação, por favor, nos procure, porque este tipo de matéria pode causar danos irreversíveis.
Atenciosamente,
Vereador Nailson da Silva Gomes”

O site mais um vez pega no pé do vereador do PTC dando conta que  o mesmo sofreu uma punição do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nessa sexta-feira (2). Por decisão do Juiz Marcus César Sarmento Gadelha, o parlamentar foi intimado a retirar propaganda irregular no Facebook sob pena de pagamento de multa diária de R$ 5 mil.

“A realização de propaganda eleitoral irregular pode desequilibrar a disputa eleitoral, vulnerando o postulado da igualdade de chance entre os candidatos. Ante o exposto, concedo a tutela provisória, para ordenar a imediata retirada da propaganda paga do site Facebook, sob pena de multa de R$ 5.000,00 (cinco) mil reais por dia de publicação”, diz um dos trechos da sentença.

A representação foi interposta pela coligação Frente Popular de Serra Talhada (FPST) do candidato Victor Oliveira que enviou à Justiça Eleitoral imagens do Facebook de Nailson Gomes com o link ‘patrocinado’. O vereador tem um prazo de cinco dias para apresentar a defesa.