Rua é aterrada em Gravatá com restos de cemitério: ossos, cruz, lápides, flores, etc

CEMITERIO

Moradores do bairro Jucá, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, denunciaram que materiais retirados do cemitério da cidade seriam utilizados para aterrar uma rua na área. Entre os entulhos jogados em um terreno supostamente por uma caçamba da prefeitura, foram encontrados restos de caixões, ossos e cabelos humanos e flores. Assista:

Leia mais