Em nota, PSB de Pernambuco diz que condução coercitiva do ex-presidente ou de qualquer cidadão põe em risco as garantias constitucionais

lula

O PSB de Pernambuco entende que desde outubro de 2013, quando nosso então presidente nacional Eduardo Campos afastou-se do governo da presidente Dilma Rousseff, levando-o a apresentar um projeto que quebrasse a dicotomia de dois partidos que se revezam no poder central, o partido posicionou-se com a postura de independência em relação ao governo federal. Diante da grave crise que […]

Leia mais