Sinézio Rodrigues entra com duas ações na justiça contra Prefeitura de Serra Talhada e não descarta greve na educação

O vereador Sinézio Rodrigues do PT afirmou que o Sintest (sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Serra Talhada) está entrando com uma ação na justiça contra a prefeitura de Serra Talhada, governada pelo prefeito Luciano Duque do mesmo partido dele,  com o objetivo de garantir direito constitucional de correção de salário aos demais servidores da educação que não foram devidamente comtemplados pela Pl 005/2017 votada na ultima segunda-feira (06).

O presidente do Sintest disse ainda durante entrevista ao comunicador Itamar Marcolino na Serra FM 87,9 que iria aproveitar e entrar com outra ação cobrando o retroativo dos aposentados 2015/2016 que no ato do reajuste dos servidores da ativa ficaram sem o aumento proporcional.

O vereador sindicalista antecipou que no início de março quando começa ano letivo haverá uma assembleia dos servidores da educação onde uma possível greve poderá entrar em pauta, segundo Sinézio acontecerá um debate para discutir como a classe deverá se comportar diante da intransigência do executivo municipal que pela primeira vez não dialogou com os servidores, pelo contrário impôs de forma arbitrária uma decisão tomada por um homem só.