Serra talhadenses criticam segurança pública de PE diante da onda de violência na cidade

Pelo WhatsApp váriaos moradores da Capital do xaxado afirmam que a Segurança Pública pernabucana é improdutiva, violenta e reproduz desigualdades.

“Os investimentos em segurança pública estão muitíssimo aquém do que seria necessário para se começar a pensar em oferecer segurança. Uma grande prova, é o crescimento dos gastos dos estados e municípios para combater a violência em contraposição aos investimentos federais que caem paulatinamente’, afirma o internauta.

A grande quantidade de homicídios nos últimos dias chama a atenção, só neste são 16. O número de assaltos nem se fala. Lembrando os casos mais recentes, um idoso assassinado a tiros na feira livre, um motorista foi vítima de latrocínio próximo ao viaduto e essa semana houve mais uma tentativa de homicídio, uma  vítima foi alvejada com um tiro na rua Santa Clara e, mesmo ferida, conseguiu correr, sendo encontrada na rua polivalente pelo GATI e socorrida ao HOSPAM.

Para os internautas, a conseqüência é que o número de encarcerados cresce a cada dia, de maneira assustadora sem que haja capacidade do sistema prisional de absorver esses excluídos da sociedade.

“O déficit de no sistema prisional é titânico e, lamentavelmente o estado não consegue disponibilizar novas vagas e, basta acompanhar os jornais, para que nossas perspectivas tornem-se, ainda mais desanimadoras” informa.

Se o governo do Estado deixa a desejar no quesito segurança, o federal não é diferente. Proporcionalmente, os Estados Unidos investem 70 vezes mais que o Brasil no combate à violência, nossos índices nos apontam como um país 88 vezes mais violento que a França.