Serra-talhadense suspeito de mandar matar ex-esposa em Ibirajuba está foragido

O suspeito de ser o mandante do assassinato da ex-esposa, que também era de Serra Talhada, em Ibirajuba, no Agreste de Pernambuco, está foragido. De acordo com a Polícia Civil, há um mandado de prisão temporária em aberto contra Pedro Marcolino, de 29 anos.

O suspeito teria fugido enquanto a polícia se dirigia para cumprir o mandado Sertânia, onde ele trabalha. O homem prestou depoimento na última quarta-feira (29) na Delegacia de Bonito, no Agreste. A hipótese da investigação é de que motivação do assassinato tenha sido brigas por causa de pensão alimentícia e a guarda dos filhos do casal.

Na semana passada, um outro homem, suspeito de ser o executor do crime, foi preso em Cumaru, também no Agreste. João Mariano dos Santos, 49 anos, foi levado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru.

Márcia Lindemberg Silva, 28 anos, que trabalhou na loja Éconis, em Serra Talhada, foi encontrada morta na zona rural de Ibirajuba no dia 17 de março deste ano. O corpo apresentava marcas de tiros e escoriações. A Polícia Civil aguarda o laudo da perícia, que irá confirmar a causa da morte. Ainda não se sabe se a mulher sofreu violência sexual.

A mulher foi encontrada morta no dia seguinte após desaparecer. De acordo com a Polícia Militar, ela saiu da casa dos pais com a filha de um ano, com destino à própria residência, a pé. No caminho, foi sequestrada. A criança foi deixada sozinha na rua e entregue aos avós por um homem que a encontrou.