Serra Talhada registra a maior chuvas de 2017 trazendo alegria na Zona Rural e transtornos nos bairros sem estrutura

O volume de chuvas em Serra Talhada, na madrugada desta segunda-feira (20), foi de 38,5 mm. A chuva atingiu boa parte da zona rural, como Caiçarinha da Penha, onde alguns barreiros transbordaram. Mas, como sempre, trouxe transtornos na zona urbana, como nos bairros Ipsep, onde o asfalto novo foi danificado mostrando a fragilidade da obra.

asfalto ipsep

Já no bairro Várzea, a rua Adrina Carla de Souza, próximo ao Pereirão, ficou alagada e água invadiu algumas casas, demostrando a falta de estrutura da cidade para receber qualquer chuva. O problema se arrasta há vários anos e a Prefeitura não resolve: falta calçamento, tubulão esgoto adequada e principalmente, a falta de passagem para a água.

De acordo com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), somando os meses de janeiro e fevereiro, o município recebeu uma precipitação pluviométrica de 73,7 mm. em Serra Talhada, já em São José do Belmonte choveu 24 mm, Triunfo 11, 8 mm, Santa Cruz da Baixa Verde 13,0 mm e no município de Calumbi a chuva foi recorde: 53,3 mm.