Serra Talhada perde para o Campinense por 1 x 0 na terceira rodada da série D

Com gol de Felipe Ramon, que saiu do banco no segundo tempo, o Campinense bateu o Serra Talhada por 1 a 0 neste domingo (26), no Amigão, e disparou na liderança do Grupo A-3 da Série D do Campeonato Brasileiro. A partida teve validade pela terceira rodada da quarta divisão nacional.

Em um jogo disputado, a Raposa conseguiu um importante resultado, já que agora é o líder da chave com sete pontos, quatro a mais que o próprio Serra, que está no segundo posto.

No próximo sábado, o Rubro-Negro vai até o litoral sul de Alagoas para encarar o Coruripe, atual terceiro colocado do grupo, com dois pontos.

Quem saiu ainda mais feliz de campo neste domingo foi o goleiro Glédson. Contando os dois últimos jogos do Paraibano e depois de três pelejas da Série D, o arqueiro raposeiro está há cinco partidas sem ser vazado.

O jogo

O Campinense começou com tudo. Com três atacantes, o time do técnico Francisco Diá tentou sufocar o Serra Talhada. Logo aos dois minutos, Adalgiso Pitbull apareceu e arriscou da entrada da área, mas Beto fez a defesa.

No minuto 7, Pitbull chegou novamente, após tabela com Rodrigão, porém o chute saiu fraco.

Bem no jogo, o atacante Túlio Renan aparecia como a melhor opção ofensiva da Raposa. Aos 14, o camisa 11 chegou pela direita, driblou o zagueiro e caiu na área, só que o árbitro cearense Glauco Nunes não foi na dele e marcou apenas tiro de meta.

Depois do minuto 20 o Serra Talhada equilibrou as ações da partida. E a melhor chance dos visitantes surgiu em contragolpe rápido aos 33. André Tavares recebeu de Rato e bateu forte da meia-lua. Bem colocado, Glédson encaixou e garantiu o 0 a 0.

Segundo tempo

Diá mudou a equipe para o reinício de jogo. O lateral esquerdo Felipe Ramon substituiu David Modesto.

Joécio passou atuar pelo setor direito da zaga, com Sala centralizado e Ronael mais fixo na canhota.

O Campinense, então, começou a atacar mais pela esquerda.

E foi de lá que saiu o primeiro gol rubro-negro. Aos 12, depois de longo lançamento de Negreti, Túlio Renan escapou pela canhota e puxou para o meio. Ele ganhou na velocidade, mas perdeu a posição para chutar. Mascada, a bola acabou sobrando limpa para Felipe Ramon, que só teve o trabalho de tocar na saída de Beto: 1 a 0.

Mais solto em campo, a Raposa quase ampliou com Rodrigão, aproveitando mal um cruzamento de Felipe, e com Valdeir, que chutou fraco de esquerda.

Aos 26 minutos, Magno roubou a bola no meio e lançou Rodrigão. O camisa 9 ajeitou na frente da área e soltou a bomba, mas Beto colocou para escanteio. Na sequência do lance, Joécio e Rodrigão não aproveitaram a bola que sobrou na pequena área.

O Serra Talhada pouco assustava. E o Campinense era só pressão na tentativa de ampliar.

Aos 31, novamente Túlio Renan fez boa jogada pela esquerda, trouxe a bola pro meio e acionou Rodrigão. Este deu um toque de arrodeio no zagueiro e bateu forte. A pelota passou pelo goleiro, mas Alexandre salvou em cima da linha.

A equipe visitante insistiu até o final, porém sem sucesso.

Ficha técnica

Campinense 1 x 0 Serra Talhada-PE

Data: 26/07/2015 – 16h

Local: Estádio Amigão / Campina Grande

Competição: Campeonato Brasileiro da Série D / Grupo A-3 (3ª rodada)

Arbitragem: Glauco Nunes Feitosa (CBF-2/Ceará); Luiz Felipe (CBF-1/Paraíba) e Tomaz Diniz (CBF-2/Paraíba).

Cartões amarelos: Ronael, Rodrigão, Everaldo (CC); Rato, Patrick, Dicco (S)

Cartão vermelho: Dicco (S)

Gols: Felipe Ramon (aos 12 do 2ºT) para o Campinense.

Campinense: Glédson, David Modesto (Filipe Ramon), Joécio, Thiago Sala e Ronael; Negreti, Magno e Valdeir (Jeferson Silva); Adalgiso Pitbull (Everaldo), Túlio Renan e Rodrigão. Técnico: Francisco Diá.

Serra Talhada: Beto, Gilberto Matuto, Alexandre, Anderson e Patrick; Ricardo Baiano (Geovane), Fernando Pires, Ramon e Rato (Cleitinho); Dicco e André Tavares. Técnico: Cícero Monteiro. (Por: Paraibaonline)