Serra Talhada faz primeira cirurgia de estrabismo do Sertão pernambucano

A primeira cirurgia de estrabismo (correção de desalinhamento ocular) do Sertão de Pernambuco ocorreu, no último sábado (24/10), no município de Serra Talhada. O procedimento foi realizado no Hospital São Vicente e coordenado pela oftalmologista Regina Lucena, natural da cidade. A anestesia foi aplicada pelo médico Clovis Carvalho.
 
O procedimento, que durou 2h30, beneficiou uma criança de 11 anos. Antes da cirurgia, a paciente precisou usar óculos para melhorar a visão. “Quanto mais jovem o paciente, mais as chances de melhorar a visão e a qualidade de vida. Em adulto, a cirurgia acaba sendo mais por estética”, diz Regina Lucena.
 
A oftalmologista Regina Lucena é formada pela Universidade de Pernambuco (UPE), com residência na Fundação Altino Ventura, onde também fez especialização em oftalmologia pediátrica, de estrabismo e de baixa visão. Atualmente, ela continua trabalhando no Altino Ventura e uma vez por mês oferece seus serviços em Serra Talhada. “Nós temos estrutura física, mas não profissionais especializados em estrabismo na região”, ressalta, afirmando que pretende atuar exclusivamente em Serra e na região a partir de 2016.
 
Já o anestesista Clovis Carvalho, que já foi gerente da Regional de Saúde (Geres) de Serra Talhada, lembra que o município é um importante polo médico do interior do Estado e que vem se desenvolvendo mais com o curso de medicina da UPE local. “De acordo com o plano diretor de regionalização, é preciso ofertar e consolidar os serviços de saúde na região, para que o paciente não precise se deslocar grandes distâncias. Isso aumenta a eficácia e diminui custos. Com o nosso curso de medicina, que está no mesmo nível competitivo que o do Recife, vamos desenvolver ainda mais o sertão pernambucano”, avalia.

Um Comentário