Secretário de Transportes de PE garante que dentro de 30 dias dará ordem de serviço da PE-425, entre Floresta e Carnaubeira

A comissão de manifestantes dos municípios de Floresta, Mirandiba e Carnaubeira da Penha se reuniu no inicio da tarde deste sábado (27), em Serra Talhada, com o Governador Paulo Câmara e o Secretário de Transportes Sebastião Oliveira para cobrar a retomada das obras da PE-425.

As dez pessoas, que no momento representavam mais de 600 que participaram de protestos na quinta-feira (25), recebeu a garantia que dentro de 30 dias será assinada a ordem de serviço. Mas eles afirmam que se a promessa não for cumprida, novas manifestações vão acontecer.

“Passei (o plano de ação) para o DER (Departamento Estadual de Rodovias) que atualizou o projeto e os preços, e viu que se entrasse com o contrato antigo (Construtora SAM), ficaria R$ 6 milhões mais caro do que licitar uma obra nova, e iria demorar mais 6 meses. Então, na quarta-feira, chamamos a empresa e nos reunimos quarta-feira manhã e tarde e quinta-feira. Fizemos uma composição de preços e a empresa aceitou a adequação de preços exposta no seu contrato antigo (…) O governador disse que ‘preço a preço’ manteríamos o contrato antigo. Estamos nos mobilizando para que no máximo em 30 dias o Governador Paulo Câmara escolha onde vai dar ordem de serviço, se em Carnaubeira da Penha ou em Floresta”, afirmou Sebastião Oliveira.

Ainda segundo o secretário de transportes, a obra será tocada pela Construtora SAM que fez uma adequação de preços na casa de R$ 6 milhões. O projeto teve que ser atualizado porque é do ano de 2009, quando a foi paralisada. No primeiro orçamento, a obra custava o valor de R$ 28 milhões.

Foto-3

Após a promessa, um morador de Carnaubeira comentou no WhatsApp: “Pessoal!!! O que eu entendi é que o governador jogou o andamento dessa obra nas mãos do secretário, ou seja, agora é hora de cobrar também dos representantes do secretário em Carnaubeira, acho que se a sociedade Carnaubeirensse for declarar guerra ao Secretário a esses alturas as coisas se complicaram, queiram ou não ele está na pasta é pela posição, apoio e grupo político que tem e representa no estado de Pernambuco nos dias de hoje, deixem o pessoal que está na reunião se pronunciar e depois tiramos alguma conclusão. NÃO ESTOU DEFENDENDO POLÍTICO NENHUM, ATÉ PQ JÁ DISSE AQUI EM QUEM VOTO”.