Secretário de cultura de Serra Talhada diz que não vai promover carnaval mas garante apoio aos blocos dos bairros

O secretário de Cultura de Serra Talhada, Anildomá de Souza, garante que não vai promover carnaval na cidade seguindo recomendação do Ministério público de contas do estado emitida em 16 de janeiro deste ano e direcionada à Amupe (Associação Municipalista de Pernambuco).
O Procurador Geral do órgão, Cristiano Pimentel, orienta as prefeituras que estão com o pagamento de salários em atraso a não promoverem o evento. Em um trecho o documento alerta que “com a aproximação do carnaval o Ministério Público de Contas considera uma violação  dos princípios da administração pública, especialmente, aos princípios da eficiência e moralidade, casos em que prefeituras com salários ou 13º em atraso realizem gastos com carnaval, principalmente, festividades e shows no período”.

 

Anildomá garantiu apoiar de 10 a 15 blocos carnavalescos nos bairros. Já o prefeito Luciano Duque, informou que o município não terá festividades de Carnaval este ano por falta de recursos e ressalta que Serra Talhada nunca teve tradição momesca. O último carnaval realizado no município foi em 2014.