Secretarias se unem para discutir ações de defesa dos direitos de crianças e adolescentes e pais de usuários de drogas participam de palestras em Serra Talhada

PALESTRA

Durante o mês de março, as Secretaria de Educação e Desenvolvimento Social e Igualdade Racial, realizaram conferência para discutir ações conjuntas fundadas nos Direitos Humanos de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes que são atendidos pelas Escolas e Equipamentos da Assistência Social no Município. Vários projetos estão em andamento e ambas as Secretarias comungam do compromisso de assegurar o direito à educação a todos (as) e a formação de uma cultura de respeito à dignidade da pessoa humana da infância a idade adulta.

Para o Secretário de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial, Josenildo André Barbosa, “a Assistência Social é uma política pública e um direito de todo cidadão ou cidadã que dela necessitar. Em Serra Talhada prestamos diversos serviços aos cidadãos através dos Centros de Centros de Referência da Assistência Social, do Centro de Referência do Idoso, Abrigo de Crianças e Adolescentes, Centros de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos etc. e junto a Educação somamos esforços para dar maior poio aos indivíduos, famílias e para a comunidade no enfrentamento de suas dificuldades”.

Já para o Secretário Executivo de Educação, Cícero Lopes, “O sistema de ensino de Serra Talhada também trabalha no sentido de uma efetivação da Educação em Direitos Humanos em conformidade com o que prevê as Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos (EDH), fundamentando-se nos princípios de dignidade humana, igualdade de direitos, reconhecimento e valorização das diferenças e das diversidades entre outros; e o fortalecimento desta parceria com a Secretaria de Desenvolvimentos Social e Igualdade Racional vem a solidificar nosso compromisso por uma Educação social”.

Estão previstas diversas ações coletivas das Secretarias em 2016 para garantia dos direitos de crianças em adolescentes no Município.

CAUD – Mães que buscam tratamento para os filhos, crianças e adolescentes de 9 a 18 anos, dependentes químicos, encontram apoio e atendimento no Centro de Atendimento a Usuários de Drogas – CAUD de Serra Talhada. O local, inaugurado em 2011, passou a reunir famílias com objetivo de, juntos reintegrá-lo na sociedade.

“A dor de ver um filho ser consumido pelas drogas é inexplicável e isso fez com que a família virasse escrava também, porque temos de correr atrás dele o tempo inteiro, a partir de agora vai ser diferente. Com a ajuda do Caud eu pude perceber que ele está doente, e como um doente precisa de cuidado, amor e carinho, e não de mais brigas como tínhamos em casa”, disse uma mãe mãe que não quis se identificar e frequenta o local às terças-feiras.

O CAUD já atendeu mais de 100 jovens dentro desses 5 anos. Atualmente acompanha cerca de 20 adolescentes e, disponibiliza cursos e palestras para mães e pais.