Restos de ovo, mandioca e arroz é a alimentação de plantonistas do Hospital Regional de Afogados da Ingazeira

hospital regional de afogados da ingazeira (2)

Após a Direção do Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira cortar gastos, suspender o lanche dos funcionários, obrigar que os servidores levem seus talheres de casa e até decidir terceirizar a cozinha, desta vez a denuncia se refere a péssima alimentação dos plantonistas que prestam serviços por 24 horas na instituição.

O cardápio parece mais sobra de comida, a famosa “lavagem” que são oferecidas em duas opções, sopa com restos de macarrão e arroz ou arroz com mandioca e ovo, como mostram as fotos acima envidas à redação do Blog do Cauê Rodrigues.
O que se admira é que o Cremeepe esteve fazendo uma fiscalização in loco no local e uma Sindicância ainda não foi instaurada para apurar a real situação do hospital regional em Afogados da Ingazeira, que atende todos os municípios do sertão do pajeú.
Um dos denunciantes afirma que em 24 anos que trabalha na área da saúde pelo Estado de Pernambuco, isso nunca tinha acontecido mesmo com as dificuldades, concluindo que a alimentação já era ruim e que agora está péssima.
Com a palavra a senhora Leandra Cristina Barbosa Saldanha, Diretora do Hospital Regional Emília Câmara.