Red Bull promove Max Verstappen, uma das grandes apostas desportivas, á equipe principal

A equipe da Red Bull tomou uma decisão pesada para com o jovem piloto Daniil Kvyat, o piloto russo teve alguns problemas no Grande Prêmio da Rússia ao embater por duas vezes contra o piloto alemão da Ferrari Sebastian Vettel, tendo causado o abandono do piloto da equipe italiana ainda na primeira volta da corrida.

 

Depois dos acontecimentos na Russia a equipe da Red Bull decidiu relegar Daniil Kvyat para a equipe a sua segunda equipe a Toro Rosso, promovendo para ocupar o lugar do piloto russo na Red Bull, Max Verstappen.

 

Segundo a equipe da Red Bull estas mudanças irão permanecer até ao final da presente temporada, sendo tomada uma nova decisão no final do campeonato.

f1-verstappen-toro-rosso-rosto-700

Max Verstappen que é uma das grandes apostas desportivas da equipe da Red Bull consegue assim de forma inesperada passar para a equipe principal, lembrando que o jovem piloto de apenas 18 anos estreou-se na Fórmula 1 ainda com 17 anos, no ano passado.

 

O jovem piloto holandês tem assim agora uma grande oportunidade de continuar a boa temporada que vinha a realizar até ao momento, provando assim o seu valor e quem sabe assegurar um lugar definitivo na equipe principal da Red Bull já no próximo ano.

 

Christian Horner mostrou-se confiante nas capacidades de Verstappen e optimista para o que falta da temporada.

 

“O Max tem provado ser um excecional jovem talento. A sua performance na Toro Rosso tem sido de longe impressionante e estamos satisfeitos por lhe darmos a oportunidade de pilotar para a Red Bull”, começou por afirmar diretor desportivo da Red Bull em entrevista Autosport.

 

Horner afirmou ainda que esta mudança poderá ser positiva também para o piloto russo kvyat: “Estamos na posição única de termos quatro pilotos em torno da Red Bull e Toro Rosso com contratos de longo termo com a Red Bull, por isso temos a flexibilidade de os mover entre as duas equipas”.

Neste momento quando estão realizadas quatro corridas da temporada de 2016 da Fórmula 1 a liderança do Mundial de Pilotos pertence ao piloto alemão da Mercedes Nico Rosberg que soma neste momento 100 pontos. Na 2. posição está o piloto britânico da Mercedes Lewis Hamilton com 57 pontos, estando na 3. posição o piloto finlandês da Ferrari Kimi Raikkonen com 43 pontos.

 

Referir ainda que Daniil Kvyat neste momento ocupa a 8. posição com 21 pontos, enquanto que Max Verstappen ocupa a 10. posição com 13 pontos.

 

Já no Mundial de Pilotos a Mercedes é quem ocupa a liderança neste momento somando 157 pontos, na 2. posição está a Ferrari com 76 pontos e na 3. posição  a equipe da Red Bul com 57 pontos.

 

A próxima corrida irá realizar-se entre os dias 13 e 15 de Maio, com a realização do Grande Prêmio de Espanha, na Catalunha.

 

Por último referir que depois do Grande Prêmio da Espanha ainda falta realizar-se as seguintes corridas: Grande Prêmio do Mônaco, Grande Prêmio do Canadá, Grande Prêmio da Europa, Grande Prêmio da Áustria, Grande Prêmio de Inglaterra, Grande Prêmio da Hungria, Grande Prêmio da Alemanha, Grande Prêmio da Bélgica, Grande Prêmio da Itália, Grande Prêmio de Singapura, Grande Prêmio da Malásia, Grande Prêmio do Japão, Grande Prêmio dos Estados Unidos da América, Grande Prêmio do México, Grande Prêmio do Brasil e por último o Grande Prêmio de Abu Dhabi.