Recém-nascida é encontrada com sangramento e morta após dormir com a mãe em Afogados da Ingazeira

O grupamento corpo de Bombeiros foi solicitado por C S, 20 anos, agricultora, a qual se encontrava com uma criança morta nos braços pedindo ajuda, no Bairro São Francisco, em Afogados da Ingazeira – PE, por volta das 08:00hs dessa segunda-feira (04). Em seguida fez o socorro ao Hospital Regional Emília Câmara.

 

Após solicitação, o policiamento militar seguiu par a unidade médica e lá chegando entraram em contado com o médico de plantão, tendo este informado de que não tinha ainda como constatar a causa da morte da recém nascida M V S S, de 27 dias.

 

Diante das informações o policiamento procurou a mãe da criança, tendo ela relatado que por volta das 22:30h do dia 03.01.16 havia dado de mamar a sua filha (vítima) e em seguida ambas adormeceram e ela só teria acordado no outro dia (04.01.16) às 08:00h e viu que sua filha não respirava e que apresentava sangramento. Em seguida ligou para uma amiga que pediu ajuda ao Corpo de Bombeiros. O corpo da recém nascida foi encaminhado para o IML para ser submetido à perícia para apurar a causa da morte.

E um detento de nome não revelado tentou suicídio no final da manhã desta segunda-feira (04), na Cadeia Pública de Afogados da Ingazeira, após tomar conhecimento da morte da filha recém-nascida. O efetivo da guarda foi Solicitado pelos companheiros de cela, que informaram o desespero do reeducando, que foi imediatamente conduzido ao Hospital Regional Emília Câmara  HREC, onde foi medicado e liberado para recuperação no estabelecimento prisional.