PSB enfraquece ainda mais em ST com nomeação do filho do assessor especial do Governo de PE para secretariado de Duque

O partido Socialista Brasileiro (PSB), partido que apoia o governo do Estado em Serra Talhada está enfraquecido. Na capital do Xaxado é formado pelo ex prefeito Carlos Evandro, classificado pelos adversários como ficha suja, e meia dúzia de gatos pingados, a exemplo de China e Luciano de Juarez.

Essa semana veio o golpe fatal do enfraquecimento da base do governador Paulo Câmara (herdeiro do espólio do PSB presidido por Eduardo Campos), o ex-vereador Ronaldo Melo (PSB), assessor especial da Casa Civil do Governo do Pernambuco, garantiu o espaço para o seu filho na secretaria do Meio Ambiente do governo petista, adversário ferrenho do PSB.

Em entrevista ao Blog do Júnior Campos, Melo justificou. “Faço parte de um grupo, e o grupo tomou essa decisão”. Nesta quarta-feira (8), a reportagem do FAROL conversou com um integrante do governo Paulo Câmara, que garantiu haver um desconforto por conta da atitude de Melo.

“Ele (Ronaldo Melo) é lotado na Casa Civil e sabe que há uma orientação de trabalhar em apoio aos partidos aliados ao governo Paulo Câmara. Esta decisão de nomear o filho vai de encontro ao governo e pode implicar, sim; em sua saída do governo socialista”, disse o governista, lotado na Casa Civil de Pernambuco. Como fica difícil servir a dois deuses, Ronaldo pode perder o cargo no governo do estado, que fica enfraquecido com um apoio a menos.