Presidente do Sintest afirma que lei aprovada pelos vereadores prejudica metade dos servidores da educação em Serra Talhada

Assista a matéria da sessão foi polêmica da Câmara de Vereadores de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, por causa do aumento do salário dos professores após o recesso. O projeto foi aprovado pela maioria esmagadora e questionado pelo vereador oposicionista, Antonio de Antenor e pelo presidente do Sitest e também vereador, Sinézio Rodrigues. Veja na reportagem da TV Jornal Interior.