Prefeituras de Floresta, Itacuruba e Belém atrasam pagamentos de salários dos servidores contratados e comissionados

Parece que virou moda os prefeitos (as) do sertão de Pernambuco atrasar salários em final de mandato. Em Belém do São Francisco houve protestos de servidores e o Tribunal de Contas do Estado já recomendou o bloqueio das contas da Prefeitura.

Nas vizinhas Itacuruba e Floresta, funcionários contratados e comissionados estão cobrando dos respectivos prefeitos os valores referentes aos vencimentos atrasados há alguns meses. Em Floresta, além disso, houve demissão em massa, principalmente na área da saúde. A população mais carente sobre com a falta de profissionais para atender nos postos de saúde e no Sesp.