Prefeitura de Serra Talhada tem projeto sobre atendimento socioeducativo financiado pelo banco Itaú

itau-social-730x425

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial de Serra Talhada teve mais um projeto aprovado pela Fundação Itaú Social do Banco Itaú. O projeto “Atendimento Socioeducativo em Serra Talhada: Do Futuro a Gente Cuida Agora” foi contemplado pelo edital de apoio aos Fundos da Infância e da Adolescência (FIA) da instituição financeira. O plano da SDSIR foi o único do Estado de Pernambuco aprovado e beneficiado com o recurso privado.

O projeto “Atendimento Socioeducativo em Serra Talhada: Do Futuro a Gente Cuida Agora” faz parte do Programa de Liberdade Assistida (LA), que atende jovens em conflito com a lei através de medidas socioeducativas e prestação de serviços à comunidade, retirando o caráter meramente punitivo das ações, tem o objetivo de promover a reinserção do jovem no ambiente escolar proporcionando educação e uma nova perspectiva de futuro para os adolescentes.

“Foi com muita alegria que recebemos a informação de que fomos selecionados mais uma vez pelo FIA. Com estes recursos poderemos intensificar as ações de auxílio aos jovens em conflito com a lei e lhes oferecer educação, uma profissão e um futuro melhor. Temos dificuldade de reinserir esse jovem na sociedade, e com esse projeto queremos educar e qualificar esses adolescentes para o mercado de trabalho e para um amanhã com mais expectativa”, disse Josenildo Barboza, secretário de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial.

Esta é a segunda vez que um projeto de SDSIR do município é contemplado com o FIA. No edital de 2014 o plano “Droga, um mal a ser enfrentado”, do Centro de Atendimento a Usuários de Drogas (CAUD) foi aprovado e recebeu o financiamento da Fundação.

Sobre o FIA

Organizado pela Fundação Itaú Social, o edital de apoio aos Fundos da Infância e da Adolescência (FIA) é direcionado a iniciativas que atuem pela garantia dos direitos das crianças e adolescentes. O apoio é realizado a partir da destinação de 1% do Imposto de Renda devido das empresas do Grupo Itaú para o FIA.

O objetivo do FIA é apoiar programas e projetos que visem a reduzir ou prevenir a violência contra crianças e adolescentes e fortalecer o sistema de atendimentos locais.