Prefeitura de Serra Talhada vai economizar energia, água, combustível, uso de papel para cortar os gastos

O município está em processo de adesão à Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), programa do Ministério do Meio Ambiente e tem como objetivo estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade através de medidas de contenção de custos públicos.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Ronaldo Melo Filho, está sendo formada uma comissão gestora, que será encarregada de sensibilizar os gestores sobre a importância da implementação do programa, além de planejar, executar e monitorar as ações da agenda. “Estamos formando uma comissão para acompanhar o programa, que chega em momento oportuno; a partir de agora vamos diminuir todas as despesas, economizar energia, água, combustível, uso de papel, cortar os gastos e buscar métodos criativos para ajudar o município a enfrentar a crise”, concluiu.

Os eixos temáticos da A3P são: Uso racional dos recursos naturais e bens públicos; Gestão adequada dos resíduos gerados; Qualidade de vida no ambiente de trabalho; Sensibilização e capacitação dos servidores; Compras públicas sustentáveis; Construções sustentáveis. “Essa é uma iniciativa importante, uma vez que tem como diretrizes a proteção do meio ambiente e ao mesmo tempo a contenção de gastos nos órgãos públicos, com práticas sustentáveis que são urgentes, principalmente nesse momento de crise”, explica o secretário.

Recentemente o prefeito Luciano Duque anunciou demissões em 2018 e o fechamento de equipamentos públicos, como a cozinha comunitária. CLIQUE AQUI E RELEMBRE A MATÉRIA

Um Comentário

  • Alexandro Sabino

    Tem enxugar a folha salarial de cargos comissionados que não fazem nada e nem contribui com a previdência e muitos ganham sem trabalhar com salários altos isso e o problema de todas as Prefeituras do Pais.

    Prefeitos, façam isso que em menos de 6 meses teram resultados ai não precisa pedir dinheiro ao governo federal

    Alimentar a previdência concurso público já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *