Prefeitura de Serra Talhada desenvolveu, durante a semana, diversas atividades focadas no dia do Idoso

DSC_0110

A Secretaria de Saúde trabalhou nas Unidades de Saúde da Família da zona rural e urbana com palestras, sobre alimentação saudável e a importância da água na vida do idoso, Orientações e avaliações odontológicas e o uso de próteses dentárias, além de sessões de massoterapia, aferição de pressão e glicemia.

Já a secretaria de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer, realizou ontem (01), uma manhã de atividade física, dança, café da manhã e uma roda de conversas com os idosos.

“Momentos como esse são importantes para nós que já vivemos muito sozinhos, os filhos crescem, casam, vão viver suas vidas e as vezes só encontramos o carinho e a atenção que precisamos aqui. O Centro veio para melhorar minha vida e está melhorando!”, se emociona a aposentada Maria de Lourdes.

O evento aconteceu no Centro de Referência ao Idoso e contou com a participação de dezenas de idosos, que além de participarem das atividades, fizeram apresentações culturais. Familiares também estiveram presentes prestigiando o momento.

DSC_0232

De acordo com a Assessoria de Imprensa, o prefeito Luciano Duque aproveitou a oportunidade para conversar com os idosos e falou sobre a importância de se cuidar bem dos idosos da Cidade do Coração da Gente. “É mais uma política que implantamos com o olhar para o cuidado e a melhoria na vida das pessoas, com objetivo de dar mais mais qualidade de vida a todos”.

A Secretária Executiva de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial, Vânia Melo, fez questão de passar uma mensagem, de conscientização para com o cuidado com a pessoa idosa que segue na íntegra abaixo:

“Os idosos são os guardiãos da memória coletiva, e por isso, interpretes privilegiados daquele conjunto de ideias e valores humanos que mantém e guiam a convivência social. Excluí-los é como rejeitar o passado, onde penetram as raízes do presente em nome de uma modernidade sem memória.

Envelhecer é uma dádiva que deve ser compreendida não como uma perda de habilidades, mas, como a oportunidade de transmitir os conhecimentos adquiridos ao longo da vida com um envelhecimento saudável;

Envelhecimento saudável é compreender o idoso também, em seu bem estar social para isso;

Envelhecimento saudável é envelhecer com dignidade, é ter respeitada a sabedoria que pode ser adquirida com os anos de experiência de vida;

Envelhecimento saudável é viver com dignidade, é ter sua condição de ser humano respeitado;

Envelhecimento saudável é não ser entendido como sinônimos de fragilidade, incapacidade e dependência.

Por isso, precisamos que todos lutem pelos direitos dos nossos idosos e pelos nossos próprios direitos daqui a alguns anos. AME, AMPARE E RESPEITE OS IDOSOS!”