Prefeitura de Calumbí leva zero no quesito transparência e pode ser punida com recursos bloqueados

Três anos após entrar em vigor, a Lei de Acesso a Informação (12.527/2011) para qualquer cidadão ter conhecimento sobre gastos públicos governamentais ainda não é cumprida em ointo dos quinze municípios pesquisados pela CGU.

Destas, Calumbi foi a única do Sertão com o pior desempenho, juntamente das demais situadas no Agreste e Zona da mata. todos os 12 quesitos analisados pela Controladoria Geral da União não foram encontrados nos respectivos portais das transparências. O órgão detectou que alguns dos municípios não teriam dado início ao portal.

A falta de transparência está na mira do Ministério Público, que em abril deste ano enviou recomendação a presidências da república  para que os repasses de 15 municípios pernambucanos com falhas graves nos seus portais sejam bloqueados até que os gestores corrrijam as irregularidades.