Prefeitura adia convocação de concursados em Floresta alegando “baixa disponibilidade financeira”

A Prefeitura Municipal de Floresta, no Sertão de Pernambuco, emitiu uma nota na tarde deste sábado (28) adiando a convocação de concursados. De acordo com o documento publicado no blog do Elvis, o motivo é a “baixa disponibilidade financeira”.

Confira abaixo a nota na íntegra:

Estimados florestanos,
Há uma semana, lançamos na nossa fanpage oficial o vídeo “Fala aí, Prefeito: Concurso”. Escolhemos esse tema para começar a série por ser um ponto de extrema importância para todos os florestanos e também para a nossa gestão. Assim como os concursados anseiam pelas suas merecidas vagas, a administração necessita dessa injeção de pessoal para poder funcionar com eficiência.
Conforme orientações fornecidas pela Assessoria Jurídica, Contábil, Administrativa e Financeira chegamos aos seguintes pontos:
1) A receita da Prefeitura Municipal de Floresta, em Dezembro de 2016, superou a casa dos R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais). Deduzindo o valor da repatriação de R$ 1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil reais), o valor real da Receita Corrente Líquida foi de R$ 8.200.000,00 (oito milhões e duzentos mil reais);
2) A Folha de Pagamento de Pessoal atingiu um percentual superior a 54%, no último quadrimestre de 2016 (Setembro – Dezembro) da Receita Corrente Líquida, ultrapassando os limites estabelecidos pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal);
3) Até a presente data, ou seja, nestes primeiros 27 dias, o total da Receita da Prefeitura atingiu apenas R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais), portanto bem inferior ao apresentado em Dezembro/2016 que foi de 8.200.00,00 (oito milhões e duzentos mil reais);
4) No final do mês de Janeiro/2017, teremos, portanto, o fechamento do valor total da Receita. Entretanto, desde já asseguramos que o total da Receita ficará bem abaixo do previsto para o atendimento das necessidades iniciais da gestão.
Diante desse quadro, que evidencia a baixa disponibilidade financeira, lamentavelmente, adiamos a convocação dos concursados até que tenhamos uma maior segurança financeira para a realização desse ato.
Por fim, informamos que o teor desta nota, será enviada, na íntegra, ao Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco – TCE e ao Ministério Público.
Cordialmente e ciente do entendimento de todos,
Ricardo Ferraz
Prefeito do Município de Floresta/PE