Policia Civil de Serra Talhada realiza protesto em Serra Talhada contra descaso do Governo de PE

Em Serra Talhada mais de 20 agentes foram as ruas distribuindo panfletos e exibindo faixas de protesto. Além dos policiais civis da Capital do Xaxado, a manifestação contou com a presença do representante do Simpol e agente da Depol de Floresta,  Jackson Henrique. Nós conversamos com o mesmo e coma agente civil lotada na Depol de Serra Talhada, Adriana Oliveira. O ato faz parte do “Dia Estadual de Mobilização” que aconteceu em dez cidades de Pernambuco. Assista ao nosso vídeo:

Diante do descaso que passa a segurança pública de Pernambuco, nesta quarta-feira (26) aconteceu o Dia Estadual de Mobilização da Polícia Civil. Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol, ressaltou a grandiosidade do dia de hoje no Estado.

“São dez cidade importantes de Pernambuco que estão realizando, simultaneamente, as mesmas ações que estamos fazendo aqui no Recife. A cidade de Arcoverde, por exemplo, contou com a participação de 80% do efetivo policial do local. Vamos fazer um levantamento no final do dia para termos ao certo como as demais cidades reagiram às mobilizações”, comentou Áureo.
Os policiais civis realizaram uma grande panfletagem e alertaram a população sobre o aumento da violência no Estado.  Faixas comunicavam a população para o descaso do Governo de Pernambuco com a segurança pública.
A luta do Sinpol é para garantir proteção e melhores condições de trabalho para os policiais civis do Estado. “Estamos buscando melhorias para podermos trabalhar de forma digna e combater com mais eficácia a criminalidade em Pernambuco. O Governo sabe que não estamos com estrutura adequada para investigar os crives que aumentam a cada dia”, disse o presidente do Sinpol.
Recife realizará um grande movimento na Praça do Derby. As demais cidades são Palmares (Praça Paulo Paranhos), Goiana, Caruaru (Marco Zero), Garanhuns (Espaço Colunata – em frente a Ferreira Costa), Arcoverde (Praça da Bandeira), Afogados da Ingazeira (Avenida Rio Branco e Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara), Serra Talhada, Salgueiro e Petrolina (em frente à Prefeitura).
Mais uma vez o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) está realizando esses atos para mostrar à sociedade que o número de homicídios, assaltos e furtos estão aumentando por falta de condições adequadas de trabalho e número insuficiente de policiais nas ruas. As estruturas das delegacias, seccionais e institutos da polícia civil estão em péssimas condições de funcionamento e faltam equipamentos e materiais para dar andamento aos inquéritos e as investigações.

Clique abaixo e escute nosso editorial em áudio sobre o descaso do governo do estado com a segurança pública: