PMDB e PPS retiram apoio a pré-candidatura de Dr Nena, mas médico mantém projeto e busca força no nome do vice

O PMDM em Serra Talhada, capitaneado com Duquinho, Israel Alves e Professor Carlos Antônio, juntamente com o PPS de Ênio Melo deserdaram do palanque do pré-candidato a prefeitura, Nena Magalhães, e aderiram ao palanque do PR do pré-candidato Victor Oliveira, este também já sinalizou para Dr. Nena.

Mesmo sofrendo as baixas, analista acreditam que o médico, que está em segundo lugar nas pesquisas, deve manter a pré-candidatura e mesma que não mantenha é possível que ele não venha a apoiar ninguém. “Não seria para o lado do prefeito Luciano que Nena iria…Por outro lado, a diferença de percentual entre Nena e Victor não se tira do dia para noite”, acredita um analista político.

 

Agora com a sinalização do deputado Augusto César em fortalecer a chapa na condição de vice de Nena, a adesão a Victor também estaria descartada. Já que seria uma chapa mais competitiva formada Dr Nena e Augusto César. “Muito de se fala em estelionato eleitoral, mas Augusto tem o direito de ser candidato ao que ele quiser. Os direitos são iguais para todos, basta estar filiado e ser apoiado por seu partido e aliados”, informa.

 

 

Mesmo acompanhado pela coordenadora Julieta e André Maio, os 14% do pré-vice Marquinhos Dantas e da soma recente das novas legendas, a campanha é só 45 dias, quem entra nela com bons percentuais será muito difícil reverter, até porque o tempo é curto. Se o PR não conseguir empatar pelo menos na abertura dos portões com Nena. É de certeza que ficarão na terceirona.

 
“(PR) Se forem com sede em Nena e esquecer Luciano, é erro estratégico, pois pode ultrapassar Nena e arriscaria levar uma derrota histórica. E se combater nas duas frentes não terão fôlego. Digo mais… se não diminuírem significantemente a diferença para Nena, na próxima pesquisa, dificilmente conseguirão em outras”, crava o analista.

Um Comentário

  • Ricardo Valões

    O que mais tem na política de nossa cidade é compra de apoios usando a denominação de cooptação, vários já se venderam e ainda falta mais alguns.