Paulista acusado de estupro e agressão é preso furtando Cras no Sertão

Um paulista identificado como Rafael Matias Gomes de Oliveira, mais conhecido como Galego de Cida, 28 anos, foi preso nesta segunda-feira (17) no Distrito de Morais, em Araripina, Sertão pernambucano. Acusado de estuprar uma mulher em 2013 e agredir outra em 2016, ele estava em liberdade mesmo respondendo aos dois processos.

No entanto, em junho deste ano, ele teria furtado produtos eletrônicos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Distrito de Monteiro. Com ele foram encontrados, na época, computadores, monitores, impressa e câmera fotográfica. Segundo o JC Online, a partir deste momento, o juiz Clécio Camêlo de Albuquerque determinou que Rafael Matias fosse preso por acreditar que sua liberdade oferece risco à sociedade.

O suspeito então foi preso por policiais civis da 24ª Delegacia de Polícia e da 200ª Circunscrição Policial de Araripina, sob a Coordenação da Delegada de Polícia Katyanna Alencar Muniz Leite. O Galego foi encaminhado para a Cadeia Pública de Araripina onde fica à disposição da Justiça.