Pai da adolescente assassinada a pedradas em Flores disse que ela foi violentada sexualmente pelo acusado antes

O pai da jovem Dayane Barbosa Ferreira, 16 anos, morta a pedradas na última segunda-feira (25), disse que a jovem foi violentada sexualmente pelo assassino. Em entrevista à Rádio Jornal, o mototaxista Carlinhos contou que a menina foi “vista em frente à delegacia”, local ele onde trabalha.

Ele disse que a vítima foi vista “justamente conversando com este indivíduo”, e contou que o assassino estava numa motocicleta Honda Titan 150, na qual deu carona a adolescente. O resultado do exame sexológico solicitado pelo delegado Washington deve sair nos próximos dias.