Padrasto é acusado de estuprar crianças de 5 e 9 anos dentro de casa em Afogados da Ingazeira

A senhora S F L N, informou que suas filhas A L N, 09 anos e N L N, 05 anos afirmaram terem sido violentadas sexualmente pelo padrasto J I P, amasiado, 35 anos, pedreiro, no interior da residência onde moram, na Rua José de Sá Maranhão, Bairro São Francisco, Af. da Ingazeira.

 

A mãe das meninas declarou ainda que após a menor de 09 ano se queixou de fortes dores na região genital a levou para o Hospital Regional Emília Câmara na manhã desse domingo (05). Após informar ao médico plantonista do ocorrido, o mesmo a orientou procurar a polícia.

 

Diante das declarações da mãe e das vítimas, a equipe da Patrulha do Bairro do 23º BPM solicitou a presença do conselho tutelar que compareceu ao local e acompanhou a condução do acusado para a DPC, onde as menores reafirmaram as acusações na presença dos conselheiros e do Delegado de plantão.

 

A menor de 9 anos informou que foi abusada a cerca de 3 meses, já a de 5 anos, falou ter sido abusada a menos de dois dias no meio da noite quando sua mãe estava dormindo.

 

Diante do exposto foi dado voz de prisão ao acusado e repassado a DPC local a fim de serem tomada as medidas legais pertinente ao caso.