Governo Paulo Câmara é marcado pelo desperdício de dinheiro público em tempos de crise

O líder da Oposição na Assembléia Legislativa, deputado Sílvio Costa Filho (PTB), afirmou que vai solicitar um pedido de informações ao governo para saber de que forma se darão os cortes, que segundo ele, deveriam ser feitos nos mais de 200 cargos comissionados, composto principalmente por ex prefeitos e candidatos derrotados que foram acomodados em cargos de assessores especiais do alto escalão, com salários médios de R$ 9 mil reais.

Apesar do governo garantiu que a economia de cerca de R$ 1 bilhão até o final do ano não deve afetar áreas básicas: Saúde, Educação e Segurança, Sílvio disse que a oposição vai fiscalizar se os cortes não prejudiquem, ainda mais a população. Pois a crise chegou a tal ponto que está chegando a faltar papel higiênico e comida em hospitais, escolas e delegacias. Em maio deste ano o governo prometeu concurso público, mas após a reunião com secretariado disse que não iria mais fazer, recentemente recuou, mas a situação ainda encontra-se indefinida.

Segundo informações, o governador Paulo Câmara deve cerca de R$ 200 milhões as empresas terceirizadas, que sem receber repasses demitem funcionários e prejudicam perincipalmente os pacientes que precisam de atendimento nos Hospitais Regionais. Por outro lado, gasta mais de R$ 8 milhões com os cargos comissionados que mostramos no início.

Para um técnico concursado do TCE e ex secretário estadual da fazenda, Paulo Câmara deveria saber que quando não tem receita, deve cortar despesas desnecessárias quando há planejamento. Mas não é isso que acontece, pois o Gabinete gastou R$ 160 mil na compra de tapetes personalizados para o protocolo do palácio do Campo das Princesas e teria pago R$ 34,7 mil apenas para o fornecimento de gelo e bebidas para oferecer aos visitantes. “Em tempos de crise deveria oferecer água gelada”, disse o jornalista Igor Maciel, durante o Programa TV Jornal Notícias, na TV Jornal/SBT.

A despesa com o gelo foi revelada pelo Diário Oficial do Estado que publicou Aviso de Adjudicação do objeto do Pregão Eletrônico nº 003/2015 à empresa Real Cereais Comércio Varejista Ltda. EPP. Confira:

PREGAO_GELO