Obras do aeroporto de Serra Talhada estão aceleradas, mas lixão ainda é empecilho para voos

A obra de ampliação e estruturação do aeroporto Santa Magalhães em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, é uma parceria entre os governos estadual e federal.

O governador Paulo Câmara já destinou recursos na ordem de R$ 7 milhões na ampliação da pista e outros serviços. Com o investimento federal soma-se R$ 37 milhões de investimento.

aeroporto
A equipe do Farol de Notícias visitou as obras de reforma na pista do aeroporto na manhã desta quarta-feira (09) e acompanhou de perto o trabalho das equipes que irão duplicar a pista de pouso e instalar equipamentos de segurança e sinalização no local.

O governador Paulo Câmara assegurou em agosto passado a estruturação dos aeroportos de e Serra Talhada e Garanhuns, no Agreste. Os equipamentos estão sendo preparados para receber novos voos da Azul Linhas Aéreas, a partir do Recife.

PAPEL DO MUNICÍPIO: Durante entrevista por telefone, o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, voltou a cobrar responsabilidade do município com relação ao funcionamento do aeroporto, especialmente, devido a demora da retirada do lixão da cabeceira da pista.

“Se o prefeito Luciano Duque não fizer a sua parte e não retirar o lixão da cabeceira da pista, todo este investimento não irá valer nada. Será dinheiro jogado no ralo porque a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não vai libera os voos. Portanto, espero que o prefeito faça a sua parte”, disse o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *