Novo pré-candidato do PR diz que tem experiência e preparo para disputar a Prefeitura de Serra Talhada

O pré-candidato à prefeito de Serra Talhada, Jair Ferraz (PR), cumpriu agenda na Capital do Xaxado e aproveitou para conceder uma entrevista na Rádio Vila Fela FM. Ferraz faz questão de afirmar que seu relacionamento com o médico Dr. Fonseca é muito cordial. Fonseca que é também pré-candidato pelo Partido da República disse recentemente em entrevista no CADERNO 1 NO AR que vê com naturalidade a chegada de Jair Ferraz na disputa, para ele é mais uma opção que o partido cria para escolher o nome que vai disputar as eleições deste ano.

Jair diz que carrega no deu DNA o desejo de um dia  poder dirigir os destinos da sua terra natal e se diz preparado para tal empreitada. “Administrar Serra Talhada não é coisa para amador… sei das dificuldades de um município carente, mas me sinto preparado. Já ocupei vários cargos públicos, seja nas esferas federal, municipal e estadual… aprendi com grandes líderes, como é o caso do deputado Inocêncio Oliveira… tudo isso me credencia“, disse ele.

Ele disse que sabe que vários desafios se apresentam no executivo municipal, mas isso não o intimida. Garante o pré-candidato que tem enumerado muitos desses desafios, e caso chegue a concretizar seu intento saberá implantar as medidas necessárias para desenvolver o município.

Primeiro: você precisa de experiência. Dar posse a um secretariado enxuto e, sobre tudo, qualificado. Segundo: tem que gerenciar o município com transparência, austeridade e criatividade, e terceiro: você precisa ter apoio político estadual e federal alinhados a Serra Talhada. Isso será vital para garantir a alocação dos recursos necessários para investimentos e realização de novos projeto“, exemplifica Jair.

Para Jair Ferraz, a má gestão do atual prefeito de Serra Talhada se dá, além da incapacidade de gestão do mesmo, graças ao fraco apoio que ele tem, “seus deputados não produziram nada efetivo para cidade“, diz ele e garante que contará com o apoio do PR e de outras lideranças políticas. “Ele (Luciano) assumiu publicamente que construiria uma “estrada” para Brasília mas, não cumpriu suas promessas de campanha, muitas delas copiadas do Programa do PR, anunciado por Sebastião Oliveira, em 2012, entre as quais, o Hospital Municipal, o aterro Municipal e tantas outras promessas vazias, lançadas ao vento” declara e enfatiza: “no PR quando fazemos promessas as cumprimos, é simples assim“.

A despeito dos rumores que o Partido da República está desunido, e mais ainda depois que ele (Jair) lançou sua candidatura, o pré-candidato diz que  “o PR não está desunido. Posições antagônicas fazem parte da democracia. Mas haverá o momento em que o partido e o seu líder maior, Sebastião Oliveira, fecharão e anunciarão as alianças necessárias para garantir à oposição uma candidatura para barrar o fraco projeto do PT“.

Jair Ferraz faz questão de frisar com contundência que o adversário do PR em Serra Talhada é o PT, para eles, todas as portas da sua legenda estão abertas para todos aqueles que fazem oposição ao modelo de gestão petista implantada no município e comenta que o prefeito Luciano Duque (PT) está aprisionado “em um partido onde ele é uma estrela solitária. Eu não gostaria de está na pele do candidato do PT. Ele terá muita dificuldade e resistência do eleitorado serra-talhadense, isso, porque prometeu e não cumpriu“.