Neta de Idoso que faleceu após passar mal durante aula em Serra Talhada diz que a família não foi informada do fato

Pelo WhatsApp, a internauta afirmou que ficou entristecida em ver a matéria/denúncia afirmando que Renato Araújo Belo, seu avô, padrasto de seu pai, poderia ser sepultado como indigente.

Segundo ela, Renato morava longe da família. ‘Não tinha sido nos informado a tempo do acontecido. Foi sepultado às 10:00 do dia 20/09 em Petrolina-PE. Foi uma pessoa muito importante para nós e gostaríamos guardar boas lembranças e divulgar apenas informações corretas a respeito dele. Obrigada”, disse.

A denúncia foi enviada pelo amigo da vítima, César Lopes, de Santa Cruz da Baixa Verde, Sertão do estado, na ocasião ele informou que: “Pedimos ajuda para  impedir. Ele está no Hospam, em Serra Talhada, mas não pode ser liberado sem parentes de primeiro grau, este é o problema”, diz via WhastApp.  Outro amigo do Sr Renato,  Isaías, tentou  ajudar a resolver a situação no Hospan, mas não conseguiu e voltou para para casa sem poder fazer nada.

Renato Araújo Belo, tinha 69 anos, era integrante da filarmônica de Santa Cruz da Baixa Verde e mostrava força de vontade e persistência ao cursar o primeiro período do curso de direito, na Faculdade Integração do Sertão – Fis, onde passou mal dentro da sala de aula na noite desse sexta-feira (18).

O idoso chegou a ser socorrido por um vigilante para a sala de enfermagem, mas não não resistiu a um possível infarto quando era socorrido par ao Hospital.