Município de Flores tem primeira produção da palma forrageira resistente a pragas

Palma1

Uma grande oportunidade de repor as áreas de palma que tinham sido devastadas pela Cochonilha do Carmim.

 

A Secretaria de Agricultura de Flores e o Instituto Agronômico de Pernambuco–IPA, iniciaram a coleta da produção das Unidades Demonstrativas-UD de palma forrageira da variedade Orelha de Elefante Mexicana.

 

A espécie da palma foi introduzida no município de Flores em 2013 e, na ocasião, foram distribuídas 48000 raquetes com o objetivo de disseminar a variedade da planta em todo município. No acordo contratual 50% da produção da 1º coleta será repassado para o IPA que irá redistribuí-la aos agricultores da região, que por sua vez, acatarão o mesmo compromisso da divisão e repasse da 1ª produção.

 

Palma3 Palma4

Serão atendidos mais de 180 agricultores que produzirão e distribuirão cerca de 200.000 raquetes de palma. O objetivo é que no prazo de 06 anos sejam atendidos, pelo projeto, mais de 1.500 agricultores/pecuaristas, com plantio de área superior a 200,0 ha

 

Um projeto muito importante e valioso, já que é uma grande oportunidade de repor as áreas de palma devastadas pela a Cochonilha do Carmim no município e suprir a necessidade de alimento animal nos períodos de estiagem

Palma5