Mulheres de detentos são descobertas com drogas no presídio de Arcoverde. Outra morreu após ser atropelada na mesma cidade

Duas mulheres foram detidas tentando entrar com drogas no presídio de Arcoverde, nesse domingo (03). Após revista, a polícia encontrou mais de 600 gramas de maconha com as duas.

presidio Arcoverde
Segundo a Polícia Civil, no primeiro caso a droga estava escondida nas roupas da acusada. Já outra mulher, Elisângela Silva, 35 anos, foi flagrado com 205 gramas escondida nas partes íntimas dentro de uma camisinha. A droga seria entregue ao companheiro que está detido na unidade.
Em seguida, a polícia fez um revista na casa dela e encontrou mais 200 gramas dentro de um cobertor. Ela foi encaminhada a delegacia.
Ainda em Arcoverde, uma mulher morreu após ser atropelada por uma motocicleta no sábado (2). De acordo com informações da Polícia Civil, a doméstica Geane Maria dos Santos, de 50 anos, estava em uma calçada quando foi atingida por um veículo Fiat Uno Cinza. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ainda segundo a polícia, o condutor, Givaldo Bezerra de Lima, de 35 anos fez o teste do bafômetro e apontou que ele teria ingerido bebida alcoólica antes de dirigir. Ele foi preso e encaminhado ao Presídio Advogado Brito Alves, no município.