MPPE recomenda concurso para Guarda Municipal e para servidores da Câmara de vereadores em Serra Talhada

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque encaminhe proposta de cronograma de realização de concurso público para a Guarda Municipal em um prazo máximo de 180 dias, a fim de atender a necessidade de pessoal.

A recomendação, da promotora de Justiça Renata de Lima Landim se baseia no que está previsto no artigo 7º, inciso II do Estatuto Geral, que determina que “o efetivo da Guarda Municipal não poderá ser inferior a 200 servidores, os quais deverão ser integrantes de carreira única”. A gestão deverá deflagrar, em até 90 dias, após a realização do devido processo licitatório, a abertura do certame com a publicação de edital.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) também recomendou que  a Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST), realize concurso público. O presidente da Câmara, Nailson Gomes (PTC) conversou com o promotor e combinou a viabilidade de fazer um concurso somente da Câmara.

De acordo com Nailson, são apenas 9 vagas e não dá para organizar um certame só com o legislativo, em função dos custos. O anúncio foi feito durante o programa Farol de Notícias, na Rádio Vila Bela FM, no último sábado (18).

“Com relação ao concurso, foi firmado um convênio da Prefeitura com a Câmara (…) São 9 vagas e o custo seria muito alto, então a gente firmou um convênio com a prefeitura. A prefeitura fazendo o concurso, a gente vai colocar as vagas inseridas. São vagas para auxiliar administrativo, motorista, três vigilantes e auxiliares de serviços gerais e digitador. A escolaridade é nível médio e superior”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *