Moto-taxistas de Afogados terão mês de maio para se regularizar. Cerco vai ser fechado a partir de 1º de junho

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira vai apertar o cerco na fiscalização dos moto-taxistas que atuam de forma irregular no município a partir do dia 1º de Junho. Os 175 profissionais inscritos na Prefeitura terão o mês de Maio para se regularizar.

 

A medida foi anunciada após protesto da categoria nas ruas de Afogados, quando representantes dos moto-taxistas tiveram encontro com representantes da Prefeitura e Polícia Militar, na sede da Secretaria de Administração, na terça-feira (28). Enquanto a categoria se regulariza, a PM se comprometeu em fiscalizar os condutores, sobretudo os que sequer possuem carteira de habilitação, conforme denúncias que chegaram à associação dos moto-taxistas de Afogados da Ingazeira.

 

Segundo o o Secretário Municipal de Finanças, Ney Quidute. “Eles terão um prazo para pagar o alvará municipal de concessão do serviço. O alvará poderá ser pago de 08 a 20 de Maio, sem multa. Após esse período e até o dia 30 o alvará também poderá ser pago, só que com multa por atraso,”

Além dele e de diversos moto-taxistas, a reunião contou com a participação do Capitão Vieira (PM); do Comandante da Guarda Municipal, Tenente Matias; do assessor da Prefeitura, Heleno Mariano; e do Presidente e Vice da Associação de moto-taxistas, Mário Martins e Jaildo Santana, respectivamente. A partir do dia 1º de Junho, servidores da Prefeitura e PM estarão nas ruas para coibir a prática irregular do transporte de passageiros através de motos por condutores não regularizados junto à Prefeitura.