Ministério da Saúde autoriza reajuste nos remédios de 3,4%. Genéricos e convênios com laboratórios são saídas para os consumidores

Quem precisa tomar remédios diariamente para controlar várias doenças vai precisar desembolsar mais dinheiro. É que um reajuste nos valores dos medicamentos foi aprovado pelo Ministério da Saúde. As saídas para economizar são a versão genérica de alguns medicamentos, convênios com laboratórios no caso dos remédios contínuos e o programa Farmácia popular do Governo Federal.
Veja na reportagem da TV Jornal Interior.