Matadouro público de Floresta é interditado Ministério do Trabalho e Emprego por oferecer riscos

O matadouro público de Floresta, no Sertão de Pernambuco, foi interditado nessa quinta-feira (23) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). De acordo com o órgão, as condições do local oferecem riscos de acidentes de trabalho. O espaço só voltará a funcionar quando o município fizer as adequações necessárias e nova vistoria do MTE.

Instalações elétricas do local expõem os trabalhadores a choquesInstalações elétricas do local expõem os trabalhadores a choquesFoto: divulgação/Ministério do Trabalho e Emprego

Segundo o ministério, o curral dos animais não possui passarelas ou plataformas, o que seria necessário por causa do comportamento dos animais. As plataformas de abate não têm proteção (guarda-corpo e corrimão), o que provoca riscos de quedas. As instalações elétricas do local também estavam precárias, expondo os trabalhadores a choques.

 matadouro floresta

Também não houve comprovação de fornecimento de equipamento de proteção individual, o que expõe os trabalhadores a contaminação por agentes biológicos, especialmente no setor de vísceras. O setor de cozimento das vísceras também apresenta riscos de queimaduras.

Além disto, não há isolamento do local de trabalho, o que pode fazer com que pessoas entrem e sofram acidentes. Também não houve comprovação de que os trabalhadores estão qualificados para a atividade.

A reportagem do NE10 Interior entrou em contato com a Prefeitura de Floresta, que informou que já estão sendo tomadas as devidas providências para desinterdição do espaço.