Mais quatro assaltos a mão armada foram praticados durante esta semana em diferentes bairros de Serra Talhada

A maioria das ações praticadas por duplas em motos ocorrem nas ruas desertas ou calçadas, geralmente a noite, uma das vítimas foi um estudante que havia saído das aulas na Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada (Fafopst) e ao chegar a Rua José Dantas, um homem abordou o estudante de repente simulando estar armado por volta das 21h da última terça-feira (4). A vítima entregou o celular e um tablet.

No início da semana, três pessoas que estava caminhando de madrugada próximo ao ‘espetinho do Rodeio’, no bairro São Cristóvão, quando homens armados apareceram de repente e anunciaram o assalto levando os celulares das vítimas. Há pouco dias uma moradora do Rodeio teve a moto roubada na frente de casa.

A Praça Sérgio Magalhães, um dos principais pontos turísticos do Centro da cidade, voltou a ser palco de um assalto a mão armada esta semana.

De acordo com o Farol de Notícias, a Polícia Civil informou mais dois casos corridos na na última segunda-feira (3), quando bandidos armados abordaram uma mulher próximo à igreja matriz de Nossa Senhora da Penha, por volta das 7h10 da manhã. Um homem segurando uma faca abordou a vítima e pediu o valor de R$ 1.020, referente ao salário que a vítima havia sacado pouco tempo antes e havia guardado na bolsa.

E um morador do bairro do Alto da Conceição teve o celular roubado por um homem portando uma armada de fogo quando estava sentado na calça de casa, na Rua Francisco Olavo, na noite da última segunda-feira (3).

A vítima relatou que o crime ocorreu às 18h, quando estava tranquilamente em frente à residência acompanhando o movimento da rua. De repente, um homem se aproximou segurando discretamente uma arma e exigiu que passasse o celular.