Ladrão que arrombou três mercados em Serra Talhada é liberado pela Justiça após audiência de Custódia

O homem de 40 anos que arrombou três mercados rua Ademar Xavier, em Serra Talhada, nessa terça-feira (21), foi liberado pelo Juiz de Direito após audiência de custódia realizada nessa quarta-feira (22).

Segundo a Polícia Civil, apesar do reconhecimento das vitimas e imagens de câmeras de segurança, foi arbitrado medidas cautelares ao suspeito. Entre elas, recolhimento domiciliar até 18 horas. A maior contradição da justiça é que o suspeito, por ser andarilho, não tem endereço fixo.

O detalhe é que a autuação por parte da polícia civil não serviu de nada, pois a equipe não pode estar presente na audiência para justificar o procedimento, nem mesmo a GT da polícia militar que fez a prisão.

Por volta da meia noite, o suspeito começou por um mercadinho de onde levou a máquina registradora, caibros e tábuas de madeira, três maços de cigarros e uma caixa de pregos. Em seguida, por volta da 1h da manhã pegou desodorantes e panelas de pressão de outro supermercado.

No último estabelecimento comercial visitado pelo suspeito, por volta das 2h da madrugada, foram levadas diversas notas promissórias assinadas por clientes do mercado, R$ 60 em dinheiro e mais madeira. A Polícia Civil informou ao farol de Notícias que o  proprietário acionou a Polícia Militar que encontrou o bandido e uma rua próxima ao supermercado ainda com os objetos furtados.

Uma motorista de 50 anos que atropelou e matou a dona de casa Maria das Dores da Silva, 69 anos, na Rua Antonio Alves da Silveira, bairro São Cristóvão em Serra Talhada, também foi liberada pela Justiça No dia 13 de março e vai responder em liberdade após ser autuada em flagrante por dirigir embriagada. Clique no link abaixo e confira uma matéria que fizemos para a TV que explica como funciona as audiência de custódia, algo que causa polêmica por liberar ladrões, traficantes e pessoas embriagadas que provocam acidentes com mortes e feridos, já que o maior objetivo é desafogar presídios. RELEMBRE A NOTÍCIA AQUI