Justiça determina suspensão de voz de Lula e Luciano em guia do PR, e inserção ‘Odorico Paraguaçu’

O juiz da 71ª Comarca Eleitoral de Serra Talhada, Marcus César Gadelha, concedeu três liminares nesta terça-feira (20), em desfavor da coligação “Frente Popular de Serra Talhada”.

O staff jurídico da campanha de Luciano Duque protocolou o pedido de suspensão da voz do ex-presidente Lula, do prefeito e de qualquer membro integrante da coligação em guia eleitoral do guia de Victor Oliveira, além do quadro em que compara o prefeito Luciano Duque a Odorico Paraguaçu.

De acordo com o blog Júnior Campos, as três decisões, o magistrado ordenou a imediata proibição da execução das inserções em questão, ou outra que utilize som ou imagem de qualquer dos candidatos da Coligação Majoritária “O Trabalho Vai Continuar”  além de proibir a veiculação, por qualquer meio, inclusive redes sociais, do quadro em que compara Luciano Duque a Odorico Paraguaçu nos materiais publicitários dos representados, por qualquer meio de divulgação, seja rádio, televisão, imprensa escrita, internet, por meio do guia eleitoral ou da programação normal, ou ainda em qualquer tipo de equipamento sonoro, sejam carros de som particulares ou de campanha, comícios, carroça de camelô etc., e demais meios de divulgação, bem como vedada produção de cópias de mídia, sob pena de multa diária no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) por descumprimento de tal imposição.