Jovem é agredida com cadeiradas pelo padrasto por causa de um aparelho de televisão na Zona Rural de Betânia

M. A. da Silva, 19 anos relatou ter sido agredida por seu padrasto, por volta das 13:30 dessa sexta-feira (29).

A mesma disse que mora na cidade de Betânia e que as vezes vai  visitar a mãe, que reside no Sítio Teixeira, Zona Rural do município, onde mora com o agressor.  Na ocasião, ela estava assistindo televisão na casa da mãe, quando o padrasto chegou em casa e desligou a televisão, para que as mesmas não assistissem, momento que a vítima mandou a mãe vender a televisão, já que não servia para o uso, ao ouvir tais palavras da enteada, J. R. de A., 45 anos foi para cima da mesma chamando palavrões e pegando uma cadeira de ferro e batendo na mesma algumas vezes.

A vítima alega que o agressor não gosta dela e que quer que a mesma não ande na casa da mãe.  Foram feito deslocamento até a oficina onde o acusado trabalha, porém o recinto estava fechado, vindo esta guarnição a fazer rondas no intuito de localizar o imputado, porém sem êxito. Mantiveram contato com o delegado de policia de plantão de Serra Talhada – Dr Willian Lacerda – onde o mesmo orientou que o B.O. Fosse confeccionado e ficasse para ser entregue em data posterior na delegacia de Betânia, por não haver agente plantonista nesta data, para que fossem tomadas as medidas judiciais cabíveis.