Itapetim, São José do Egito e Calumbi lideram ranking da Dengue no Pajeú. Já Iguaracy registra casos de Chikcungunya

Pernambuco está enfrentando uma epidemia generalizada de Dengue com uma incidência de 358,89 casos de dengue para cada 100 mil habitantes. De acordo com o novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. De janeiro até o dia 2 de maio, o Estado registrou 37.589 pessoas com sintomas de dengue. “Representa um aumento de 528,68% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram notificados 5.979 casos, com 2.380 confirmações”, informa a secretaria.

Municípios com o maior número de casos absolutos notificados pela ordem de maior incidência nas cidades com o equivalente número de casos a cada grupo de 100 mil habitantes: ITAPETIM (2.309,64), Sanharó (1.934,35), Arq. Fernando de Noronha (1.525,66), Goiana (1.509,83), Vertentes (1.404,67), Limoeiro (1.356,15), Venturosa (1.160,42), SÃO JOSÉ DO EGITO (1.160,06), CALUMBI (1.043,66), Macaparana (1.015,90), TURARETAMA (909,20), IGUARACI (850,05), Condado (838,79), INGAZEIRA (832,79), Itambé (813,66), Camaragibe (783,87), SANTA CRUZ DA BAIXA VERDE (747,48), Pedra (745,06), Surubim (734,05), Belo Jardim (690,29), Jataúba (667,86), BREJINHO (643,09), AFOGADOS DA INGAZEIRA (640,27), Santa Cruz do Capibaribe (638,91), Taquaritinga do Norte (632,63), Itaquitinga (616,91), SANTA TEREZINHA (613,60), Ouricuri (594,65), Pesqueira (536,72), Moreno (527,84), Casinhas (514,48), CARNAÍBA (493,43), Alagoinha (491,23), Carpina (490,06), Jaqueira (488,01), Cumaru (487,11), Vitória de Santo Antão (455,25), Ipojuca (455,05), Itacuruba (446,81), Lagoa de Itaenga (442,48), São Bento do Una (438,25), Timbaúba (430,87), Lagoa do Carro (429,06), Iati (421,89), Toritama (419,15), Tabira (370,79), Buenos Aires (369,97), Brejo da Madre de Deus (360,52), SERRA TALHADA (352,39), Verdejante (349,95), Salgadinho (331,64) e Igarassu (309,24).

Segundo o NE10, o boletim ainda informa que foram 23 notificações de morte, com uma confirmação, um caso descartado e os demais em investigação. Os óbitos foram em Araçoiaba (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Custódia (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Recife (6, com 1 descartado), Vitória de Santo Antão (1), Machados (1), Nazaré da Mata (1), Serrita (1), Surubim (1), Cortês (1), Lagoa do Carro (1), Bonito (1), Sairé (1), Macaparana (1), Paulista (1, confirmado). No mesmo período de 2014 houve a notificação de 23 óbitos suspeitos, sendo 19 confirmados.

O estado também confirmou  os dois primeiros casos de Chikcungunya do ano. São de uma idosa e uma adolescente de Iguaracy, infectados durante viagem á Bahia. A doença é transmitida pelo mesmo mosquido da dengue. As duas pacientes relataram intensa e prolongada dor nas articulações.