IML confirma que os dois corpos que continuavam sem identificação são de amigas que estavam desaparecidas

Livia Marillac-uma das vítimas reconhecidas

O Instituto Médico legal do Recife- IML  confirmou nessa quinta-feira (08) que os corpos que ainda não haviam sido identificados do acidente na PE 320 em 20 de setembro são mesmo de Tainá de Souza Xavier, 18 anos, que residia no Sítio matalotagem em Flores  e Lívia Marilac Barbosa de Medeiros, 30 anos, natural de Carnaíba, do Alto da Gitirana.

A confirmação só foi possível após resultados de exames de DNA realizados na mãe e irmão das vítimas. Segundo o site Nill Jr, o corpo de Tainá já foi liberado para que seus familiares possam sepultá-la em Flores. Já o corpo de Lívia deve ser sepultado no Recife.

Elas foram a Arcoverde e na volta pra casa pegaram carona com José Vasconcelos Júnior, o Júnior de Bico, em um posto às margens da PE 320. A filmagem do posto mostra as jovens  entrando na S-10, momentos antes do acidente.

O corpo de José Vasconcelos Junior (Junior de Bico), de 30 anos, foi sepultado ontem em Caranaíba. No acidente morreram ainda os jovens afogadenses  Dionísio Pereira da Silva, 23 anos, Maysa Siqueira, 21 anos e Jonathan Souza.