Amigo de idoso que faleceu após passar mal durante aula no curso de direito denuncia que Hospam não quis liberar o corpo sem a família

O internauta César Lopes, de Santa Cruz da Baixa Verde, Sertão do estado, entrou em contato conosco denunciando que um amigo estava prestes a ser enterrado como indigente. “Pedimos ajuda para  impedir. Ele está no Hospam, em Serra Talhada, mas não pode ser liberado sem parentes de primeiro grau, este é o problema”, diz via WhastApp.

Ele está falando de RENATO ARAUJO BELO, um senhor de mais de 70 anos que era integrante da filarmônica de Santa Cruz da Baixa Verde e mesmo com a idade avançada, ainda estudava o primeiro período do curso de direito, na Faculdade Integração do Sertão – Fis, onde passou mal dentro da sala de aula na noite desse sesta-feira (18).

O idos chegou a ser socorrido por um vigilante para a sala de enfermagem, mas não não resistiu a um possível enfarto quando era socorrido par ao Hospital.

“Por favor, pelo amor de Deus, nós estamos sem céu e sem chão. Ajude-nos, de uma luz, talvez seja a unica esperança. Isaías, um grande amigo de Sr. Renato estava no Hospam, tentando ajudar, mas esta esta sem meios e voltou para para casa sem poder fazer nada. O corpo de Renato continua na pedra”, apela César.

Um Comentário