Homem premeditou sequestrar e estuprar a enteada assassinada no estado

090dd910fc28c93f0134a97636050634

O sepultamento da jovem ocorreu hoje no cemiterio de Santo Amaro. Em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (25), na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, a delegada Gleide Ângelo confirmou que o auxiliar de pedreiro Gildo da Silva Xavier, 34 anos, premeditou sequestrar e estuprar a enteada Maria Alice Seabra, 19. Ele teria planejado, há mais de dois meses, manter relações sexuais com a jovem e depois fugir, porém não havia intenção de matar.

De acordo com depoimento do padrasto, dado na manhã desta quinta, ele teria forçado a vítima a beber Rupinol (medicamento usado para aplicar golpes como o “boa noite Cinderela”). Antes que ela estivesse dopada, no entanto, houve uma luta corporal dentro do carro de Gildo. Após espancar Maria Alice, ele a colocou no banco de trás do veículo e tentou estrangulá-la com o cinto de segunça. Em seguida, decidiu estuprá-la ainda dentro do veículo, às margens da BR-101 Norte, próximo ao bairro de Paratibe, em Paulista. Ao terminar o ato, que durou cerca de 20 minutos, Gildo Xavier notou que a jovem começou a convulsionar e desfalecer. Ao perceber que a vítima havia parado de respirar, decidiu abandonar o corpo em um matagal.